Um Tempo bem melhor pra se viver (Pré Venda, lançamento Agosto 2021)

R$125,00

Autor: Wendel  Pinheiro

 

"Um tempo bem melhor pra se viver" resgata a narrativa sobre o trabalhismo brasileiro no campo da História Política, abordando desde as experiências precursoras do trabalhismo no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro e prosseguindo com a Era Vargas (1930-1945), a experiência democrática e a atuação do PTB (1945-1964), o Golpe Civil-Militar de 1964 e a posterior redemocratização com a Nova República e o pós-golpe de 2016, onde o autor aborda sobre a História do PDT.

A peculiaridade da obra de Wendel Pinheiro está na rigorosa pesquisa e descoberta sobre a presença dos trabalhistas no Movimento Operário da Primeira República, com o destaque à existência de organizações político-partidárias desde o final dos anos 1910 e que prosseguiriam nos anos 1920 e 1930, como o Partido Trabalhista Brasileiro, o Partido Trabalhista Fluminense e o Partido Trabalhista do Brasil. Além da Era Vargas, Wendel Pinheiro trata sobre os primórdios do PTB e o protagonismo popular desta organização até a queda de Jango com o Golpe Civil-Militar de 1964 e a perseguição dos trabalhistas a partir do AI-1.

Igualmente, Wendel menciona sobre as tentativas de refundação do PTB, desde 1973 com João Goulart até a perda da sigla em 12 de maio de 1980, obrigando os trabalhistas que seguiam a liderança de Leonel Brizola a fundarem o PDT em 26 de maio de 1980. A obra narra, de forma inédita e pioneira, sobre a história institucional do PDT, desde 1980 até 2020, com o impacto político da presença de Ciro Gomes no PDT e a recuperação do protagonismo político do PDT em âmbito nacional, a partir do uso de ferramentas como a História Política, a História Comparada e a História do Tempo Presente.

Compartilhar: